Nova Etar de Chaves

by

Cerca de onze concorrentes apresentaram-se e viram aprovadas as suas candidaturas, pela Águas de Trás-os-Montes e Alto Douro, para a construção da estação de tratamento de águas residuais (ETAR) de Chaves, emissários afluentes, estações elevatórias e respectivas condutas elevatórias, no concelho de Chaves. O preço base do concurso era de 9,5 milhões de euros.

Os consórcios são: Mota-Engil/Degrémont (com duas propostas), Edifer/Obrecol/Dytras, ABB/JMR, Somague/Eusébios/Equisan, MonteAdriano/Anteros/Efacec (com três propostas), Soares da Costa/Hidrocontrato, Construtora Abrantina/Lena/SRR, DST/Elite, Empreiteiros Casais/Espina&Delfin, Conduril/RRC e FDO/Pridesa.

Os preços totais das propostas variam entre o mínimo de 8,9 milhões de euros (DST/Elite) e o máximo de 10,9 milhões de euros (Edifer/Obrecol/Dytras). A empreitada terá um prazo de execução de 765 dias em todas as propostas.

Com capacidade para servir uma população de 57 748 habitantes equivalentes, a ETAR terá um caudal médio diário de 8069 m3 /dia. Está também prevista a execução de 10 750 metros de emissários, a reabilitação de 1600 metros de emissários, a execução de oito estações elevatórias e 2900 metros de condutas elevatórias.

Fonte: Portal do Ambiente Online

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: