TGV arranca a 2 de Junho

by

O Governo deverá lançar dia 2 de Junho o concurso público para a construção e manutenção do primeiro troço da ligação ferroviária de alta-velocidade entre Lisboa e a fronteira espanhola, anunciou a secretária de Estado dos Transportes.

Ana Paula Vitorino disse em Madrid que o troço – que ligará Caia a Poceirão – prevê um investimento de 1,7 mil milhões de euros para a construção e manutenção das infra-estruturas necessárias para a futura ligação em TGV, noticia a agência Lusa.
Além do componente de alta velocidade o primeiro concurso internacional incluirá ainda um componente de rede ferroviária convencional, entre Caia e Évora.

O segundo concurso público, para a ligação Poceirão-Lisboa, deverá ser lançado em Novembro deste ano, inserindo-se no investimento global de 2,6 mil milhões de euros que custará a ligação de alta velocidade até à fronteira.

Vitorino antecipou que os concursos, dada a sua complexidade, não deverão ser adjudicados antes do segundo semestre de 2009.

Recordando que as datas foram fixadas em reuniões entre os governos português e espanhol, sublinhou que um eventual atraso nas obras espanholas – que estariam prontas três anos antes das portuguesas – seria prejudicial à «consolidação de mercados».

«Trata-se de uma questão de competitividade. Nas infra-estruturas existem hábitos que vão sendo consolidados. Uma infra-estrutura chega a uma região e as pessoas vão consolidando hábitos. Há mercados que podem usar esta nova estrutura», disse.

Investimento de 1,7 mil milhões

«Em termos da linha de alta velocidade podem só estar a funcionar em 2013, mas em termos de consolidação de mercados, temos todos vantagem em que o troço espanhol chegue o mais rapidamente possível», frisou.

A secretária de Estado encontra-se em Madrid onde participa no primeiro encontro sobre infra-estruturas de transporte de Portugal, promovido pelos jornais Expansion e Diário Económico, e onde serão apresentados os principais projectos em curso e previstos para os próximos anos neste sector em Portugal.

«Encaramos a alta velocidade em coordenação com os vários modelos de transporte, como as auto-estradas do caminho-de-ferro e como uma clara aposta na modernidade, inovação, desenvolvimento, competitividade e integração no espaço ibérico», disse.

«É um grande projecto que só faz sentido como grande projecto ibérico e a nível de toda a União Europeia», frisou.

Nas restantes ligações previstas – Lisboa-Porto e Porto-Vigo – Ana Paula Vitorino afirmou que os primeiros concursos deverão ser lançados no próximo ano, frisando que os calendários previstos para a sua entrada em funcionamento se mantém.

Assim, os dois eixos internacionais (Lisboa-Madrid e Porto-Vigo), de tráfego misto (passageiros e mercadorias) estarão a funcionar em 2013, e a ligação entre a capital e o Porto, apenas para tráfego de passageiros, a funcionar dois anos depois.

Já definido está também o modelo de negócios para a gestão da rede de alta velocidade, com separação entre o controlo de tráfego – que permanece sob esfera pública – e a construção e manutenção de infra-estruturas, que será garantida através de cinco parcerias público-privadas.

Duas cada dessas parcerias serão cridas para as ligações entre Lisboa e Madrid e entre Lisboa e o Porto e mais um na ligação entre o Porto e Vigo.

Haverá ainda uma única parceria público-privada no que toca ao sistema de comunicações para toda a rede, cabendo as operações a um modelo a ser definido em conjunto com Espanha e que deverá envolver as empresas públicas que já operam as duas redes.

Outras Noticias:

Fonte: Iol Diário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: