Consórcio Tave Tejo, liderado pela espanhola FCC, apresenta o valor mais baixo para segundo troço do TGV

by

tgvOs três consórcios com propostas para construção do troço Lisboa/Poceirão da rede de Alta Velocidade apresentaram projectos com custos de construção entre 1,87 mil milhões de euros, do consórcio liderado pela FCC, e os 2,31 mil milhões de euros, do consórcio co-liderado pela Brisa e pela Soares da Costa.

O consórcio Tave Tejo, dos espanhóis da Fomento Construcciones e Contratas (FCC) apresentou a proposta mais barata, com um custo total, a preços de Janeiro, de 1,87 mil milhões de euros e custo anual de manutenção, incluindo grandes obras, de 10.738.827 euros.


A proposta seguinte em termos de preço é a do consórcio Altavia, com custo total de 2,198 mil milhões de euros e custo de manutenção de 12,204 milhões de euros. A Mota-Engil lidera o consórcio Altavia-Alentejo, que integra também a Somague, a Teixeira Duarte, a MSF, a Opway, a Esconcessões, a francesa Vinci, o BPI, BES, o banco Invest e Alves Ribeiro – Consultoria de Gestão.

O terceiro consórcio é a ELOS, que apresentou um projecto com custo total de construção, concessão e exploração de 2,31 mil milhões de euros e custo de manutenção anual, incluindo grandes obras, de 12.474.000 euros. A Soares da Costa e a Brisa lideram o consórcio Elos – Ligações de Alta Velocidade, do qual fazem também parte a Iridium Concesiones de Infraestructuras, do grupo espanhol ACS, Lena, Bento Pedroso, Edifer, Zagope, a norte-americana Babcock & Brown Limited, o BCP e a Caixa Geral de Depósitos.

Nas projecções da RAve, o troço Lisboa/Poceirão representa um investimento global de cerca de 1,9 mil milhões de euros, integrando a construção da terceira travessia sobre o Tejo, que ligará Chelas ao Barreiro.

Fonte: Público

Uma resposta to “Consórcio Tave Tejo, liderado pela espanhola FCC, apresenta o valor mais baixo para segundo troço do TGV”

  1. Ainda há quem não acredite em bruxas « BLASFÉMIAS Says:

    […] aberto concurso para esta travessia ficou classificado em primeiro lugar um consórcio espanhol, TaveTejo, liderado pela FCC, que ofereceu menos 300 milhões de euros do que o consórcio da […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: